O Último Pedido


Loading

O Último Pedido

Querido Papai Noel,

Sempre quis escrever para o senhor, desde minha meninice, mas confesso que fiquei um pouco desapontada, há mais de 30 anos, quando completei 7 primaveras naquele ano de 1980.

Lembro-me como se fosse hoje, sentada em frente ao aparelho de televisão assistindo um comercial, onde o senhor andava em seu trenó e pedia para as crianças que tinham sido boazinhas naquele ano, deixar uma meia na janela com o seu pedido de presente.

Fiz exatamente como tinha dito, peguei uma meia velha – mas a mais conservada que tinha – um pedaço de papel de pão e escrevi assim:

“Papai Noel, não sei dizer se fui uma boa menina neste ano, perguntei para minha avó e ela achou graça passando suas mãos em meus cabelos. Pelo brilho nos seus olhos, acredito que sim. Gostaria, se possível, de ganhar uma boneca Suzy, pode ser qualquer uma. Todas as meninas aqui da rua tem uma dessa e eu sou a única que não. Uma delas, a Marcia, tem uma coleção inteira, mas sua mãe não deixa ela emprestar nenhuma para mim. Acho que é porque sou pobre e posso estragá-la. Se puder, também mande um Panetone da Bauducco, minha avó adora, mas tem que ser da Bauducco. Obrigada Papai Noel”.

No dia seguinte, a primeira coisa que fiz foi olhar na janela do quarto para ver o presente. Entretanto, não tinha nada, inclusive a meia. A janela do quarto ficava para a rua. Falei para minha avó que talvez eu não tivesse sido uma boa menina, ou o Papai Noel não gostava daquele tipo de papel de carta.

“Provavelmente uma das renas do papai Noel estava com frio e ele precisou da meia para aquecê-la, vamos esperar para o próximo ano”.

Hoje sei que isso não aconteceu, mas para época, foi a melhor explicação que minha vovó pôde me dar, e, assim, fiquei esperando a devolução da minha meia, ano a ano, mesmo sem a Suzi e sem o panetone.

Caso o senhor queira saber, eu tentei ser uma pessoa melhor esse ano, deixei de gastar dinheiro à toa, alimentei alguns animais abandonados na rua, cheguei alguns dias sem me atrasar no trabalho e abracei e disse que amava mais pessoas nestes 365 dias.

Quem sabe nesse finalzinho de 2008 minha meia não volta recheada de surpresas?

Te Amo Papai Noel.

Imagem da internet9